título

Translate this Page
Enquete
Você gostou do site?
Sim
Não
Ver Resultados

Rating: 2.7/5 (936 votos)




ONLINE
1





Partilhe este Site...



Deus é bom, perfeito e justo - é um conceito comum para todos aqueles que creem na existência no ser do criador supremo.

“Então, por que o mundo dos homens tem tanta ruindade, é imperfeito e injusto?” A esta pergunta, provavelmente, os sábios religiosos diriam que Deus é bom, mas nos deu o livre arbítrio e por esta razão somos imperfeitos.

Onde está a justiça de Deus? Por que uma pessoa boa pode morrer tão cedo e outra pessoa, tão ruim, vive por muito tempo? Por que uma inocente criança nasce com deficiência física ou mental, enquanto outras têm saúde perfeita ou uma inteligência maior? Como se explica o motivo de uma criança nascer numa família pobre, sem educação, e outras, numa família rica e bem estruturada em todos os sentidos? Como explicar a diferença desde a nascença entre duas crianças? Um filho precisaria fugir de casa porque tem uma mãe prostituta e um pai violento para viver na rua pedindo esmola ou roubando? E qual a diferença com outras crianças que podem receber carinho e educação adequada de pais cuja mãe é professora universitária e o pai é médico.

Nós observamos inúmeros casos semelhantes a estes na realidade da sociedade brasileira. Como os destinos dos homens podem ser tão diferentes um dos outros, se pela justiça de Deus todos deveríamos ser iguais?

Todos os seres humanos, sem exceção, têm pais biológicos. Acredito que a reprodução humana existe como uma forma de compreender e reconhecer a intenção e o sentimento de Deus, cujo amor a todos os seus filhos é ilimitado. Na Escritura Divina, Ofudessaki, temos:

Tal como os humanos pensam nos filhos, preocupo-me também com o caminho temeroso e perigoso. Ofu. VII-9

Os pais, na criação dos filhos, com certeza, têm o máximo cuidado. A primeira e ideal alimentação para bebê é o leite materno. É uma alimentação perfeita, nutritiva e imunologicamente, além de ter o melhor sabor para o paladar do bebê. Um pedaço de picanha bovina pode ser uma comida muito saborosa para um adulto, mas é péssimo para o bebê. Também, a roupa de um bebê não serve para um adulto e o inverso não tem qualquer utilidade ao bebê. Assim, a alimentação ou a vestimenta justa para um bebê tem qualidades e tamanhos diferentes da de um adulto. Em todos os sentidos, a realidade ideal e justa para um bebê é diferente da realidade ideal e justa de um adulto.

A “justiça” de Deus é sempre diferente de pessoa para pessoa - não é igual. Por este motivo, todos os seres humanos têm crescimento espiritual diferente um do outro. As realidades que Deus apresenta para cada um de nós são diferentes, variam conforme a qualidade e o tamanho espiritual de cada um.

Na Escritura Divina ainda consta:

Mesmo entre pais e filhos, marido e mulher ou entre irmãos, os espíritos são diferentes um do outro.  Ofu. V-8

Hoje, a expectativa média de vida de uma pessoa está se aproximando dos 80 anos de idade. Se medirmos as realidades deste mundo com a régua de uma pessoa que viveu 80 ou 100 anos, poderemos encontrar muitas ruindades, imperfeições e injustiças neste mundo. E ao medir as realidades deste mundo com a pequena régua dos homens, realmente, não encontramos  respostas aos questionamentos dos parágrafos iniciais e fica difícil também compreender a grandeza do amor, da perfeição e da justiça de Deus. Talvez nunca as entendamos.

Entretanto, ao percebermos a grandeza e o trabalho divino, as coisas que antes não compreendíamos, começam a ter sentidos mais nítidos... Na verdade, aquela ruindade era só uma parcela de uma bondade maior. Ou seja, aquelas imperfeições ou injustiças são parcelas que fazem parte do estado de perfeição. Todos nós sempre recebemos de Deus a realidade perfeitamente justa e cheia de amor divino.

Deus-Parens, o criador, tomou o corpo da Nossa-Mãe, Oyassama, e, durante 50 anos, detalhadamente, revelou os ensinamentos à humanidade de como superar suas más causalidades (carmas) e atingir à vida plena de alegria e felicidade.


ENSINAMENTO DA TENRIKYO
ENSINAMENTO DA TENRIKYO

Aqui você encontrará textos do ensinamento da Tenrikyo. São textos que devem ser lidos várias vezes e com muita atenção, pois podem gerar dúvidas e interpretação erradas. Clique nos temas no menu. Qualquer dúvida entre em contato ou mande um email.

Perceber as pequenas coisas

Uma das coisas importantes na vida é perceber as coisas pequenas. No dia a dia, as pessoas podem olhar as mesmas coisas e, também, receber as mesmas mensagens, mas têm percepções diferentes. Assim, acredito que a diferença de ser uma pessoa feliz ou não está no grau de sua percepção.

Quando se recebe uma ação generosa de alguém, uns percebem e sentem gratidão, mas há quem nem perceba ou ache natural receber. Quem não percebe, muitas vezes, é porque não foi orientado ou porque a cabeça está cheio de preocupações. Vejo que estas atitudes estão relacionadas com o desenvolvimento espiritual de cada um.

Quando eu era  criança, realmente não tinha certas noções: não sabia o que era perigoso e quando não faziam as minhas vontades, chorava, gritava e era malcriado. Se os pais ensinam, as crianças devem aprender a agradecer. Educar os filhos é a missão mais importante dos pais. Uma pessoa adulta sem noção e desorientada, facilmente toma atitudes egoístas.

A economia do Japão cresceu muito da década de 60 a 80. Como resultado, os japoneses se desenvolveram muito na área tecnológica e nos serviços de atendimento ao cliente. O maior motivo deste crescimento foi o pensamento de servir bem ao próximo. Para contentar a clientela, estudaram, inventaram, erraram, reinventaram em várias tentativas, até se tornarem a segunda maior economia do mundo.

Quando começamos a namorar, fazemos de tudo para satisfazer e contentar a pessoa amada, não é mesmo? Ao pensarmos nas alternativas de atitude para cativar, quando conseguirmos nos dedicar totalmente para a felicidade do outro, pela lei divina, seremos retribuídos na mesma proporção. O que é gratificante não é sacrifício, pois vale a pena realizá-lo.

Por esta razão, em tudo, se praticarmos com esta atitude, pensando sempre no bem do próximo, isto fará a diferença no trabalho, nas relações humanas dentro e fora do ambiente familiar, na criação e educação dos filhos, etc.

Significa que, agindo desta forma, alegrando o próximo, quem verdadeiramente se contentará é Deus-Parens. Com certeza, a partir deste ponto, tuda passará a dar certo em nossa vida.

Aquele que crê e segue religiosamente o caminho de Deus-Parens e Oyassama, se doa através da dedicação e perseverança para conquistar a evolução espiritual. Por exemplo, sempre fazendo reflexões como: “que atitudes devo tomar no dia a dia para continuar recebendo a graça de ter saúde física e espiritual?”, “com que finalidade os fiéis da Tenrikyo fazem o Serviço Sagrado todos os dias?”, “por que na nossa vida é tão importante praticar o hinokishin?”

Assim, , não só na fé, mas em qualquer situação, é fundamental compreender a razão de cada coisa e a importância de estar praticando determinada  ação. Tudo que fizer ou praticar, faça consciente e satisfeito. Tomando esta atitude, com certeza, evoluirá mais rápido e se tornará uma pessoa mais feliz e realizada.

Ao contrário, quem não consegue enxergar a importância, o significado ou a razão das ações, muitas vezes erra por não estar percebendo, e isto é um grande pesar. Mesmo quando recebe alguma orientação de Deus-Parens através de algum problema, muitas pessoas também não conseguem compreender a vontade divina, acabam reclamando e não percebem que, através desta sua atitude, pioram  a própria situação e a própria saúde. Para evitar este caminho ingrato, é melhor se aprofundar no ensinamento até conseguir esclarecer a razão dos acontecimentos. Na verdade, começamos realmente a compreender a verdade dos ensinamentos quando colocamos em prática tudo aquilo que formos aprendendo. Mesmo sabendo sobre “a alegria de servir os outros”, nunca irá conseguir sentir esta real alegria se não praticar. Por isso, Oyassama registrou no Ofudessaki (Escritura divina):

Dia a dia, purificando e compreendendo o íntimo dos corações, começará a avistar conforme a evolução.         Ofu VI-15

Quando este caminho for certamente visto,  depois vivam seguramente com prazer.         Ofu. VI-16

Infelizmente, há pessoas que só conhecem os ensinamentos da Tenrikyo na teoria e não chegam a colocá-la em prática e, assim, não compreendem a verdade. Para realizar a vida plena de alegria e felicidade todos os dias, vamos adquirir mais noções de vida, estudando, se aprofundando e praticando os ensinamentos da Tenrikyo.

Em todos os acontecimentos que surgem no dia a dia existe alguma intenção de Deus-Parens para o nosso bem. Muitas vezes, aos olhos de um ser humano, parece estar acontecendo uma coisa negativa, mas atrás desse fato sempre existe o amor e a orientação de Deus-Parens e Oyassama, desejando nos salvar. Então, qualquer um, quando receberem as orientações de um missionário e, com o espírito obediente, conseguir executá-las, começará a sentir o quanto Deus-Parens se  preocupa consigo e com a sua família. A partir deste momento sentirá gratidão e receberá a salvação extraordinária, compreendendo realmente a intenção divina.

Assim, em qualquer momento ou lugar, é melhor viver conforme a vontade divina do que pela própria conveniência. A dedicação única a Deus-Parens não é só para os missionários. Qualquer seguidor poderá se dedicar, independentemente de sua atividade profissional, pois aquele que o fizer vai se beneficiar vivendo a vida plena de alegria e felicidade. O importante é sempre viver com satisfação sincera e amparado em Deus-Parens e Oyassama, em qualquer situação que seja, satisfazendo as vontade deles, e não a própria. Esta atitude é de um verdadeiro filho que contenta o Parens. Este é o nosso compromisso.

 

2017 O ANO DA

NOVA PARTIDA 

 

 

 

 

 

 

Aula de Língua Japonesa

Todos os domingos 

14h ~16h

Contato: 98841-8298

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

- A tenrikyo visa o mundo de vida plena de alegria e felicidade, através da salvação mútua.

- Sem a salvação mútua não existirá felicidade.